12/12/2018

O Jornal Edições Anteriores Mídia Kit Fale Conosco

12/12/2018

As famílias que iniciaram o Bairro de Jabaquara

Publicado em 21/06/2018

A população do distrito de Jabaquara possui atualmente cerca de 214.199 habitantes. A denominação do nome Jabaquara partiu dos significados: tupi-guarani e yab-a-quar-a (rocha e buraco), que simbo

 

A população do distrito de Jabaquara possui atualmente cerca de 214.199 habitantes. A denominação do nome Jabaquara partiu dos significados: tupi-guarani e yab-a-quar-a (rocha e buraco), que simboliza local de refúgio. O local cresceu tanto, que hoje é considerado distrito, como aponta o número de moradores na região. No entanto, na época da escravidão a área era extensa e havia muita mata, local onde os escravos buscavam refúgios para fugir da escravidão.

Até o início do século XVII, data da construção da casa feita de taipa de pilão, Sítio da Ressaca, o território servia de passagem para aqueles que se dirigiam a Santo Amaro e a Borda do Campo. Durante este período, a área foi procurada por fazendeiros e pessoas que queriam abrir comércio agrícola. Já no final do século XIX a população cresceu na região, e com isso a prefeitura instalou o Parque do Jabaquara, para passeios e piqueniques para os moradores da localidade.

Durante os anos de 1920 e 1921 as famílias Cantarella e Bonanis se instalaram na região, nesse período o local era marcado por chácaras com características rurais. As famílias Bonanis e Fagundes adquiriram terrenos próximos do centro atual de Jabaquara. Já os Cantarellas, ocuparam terrenos que hoje está o Aeroporto de Congonhas. Estas famílias são consideradas como aqueles que iniciaram a ocupação do distrito de Jabaquara.

Além disso, Antônio Cantarella foi o último proprietário do Sítio da Ressaca, que representa como o principal responsável pela urbanização do Bairro Jabaquara. Para mais assuntos ligados a casa do Sítio da Ressaca, acompanhe as próximas edições do Jornal Jabaquara em Notícias.

 

FECHAR

 
Publicidade