18/06/2019

O Jornal Edições Anteriores Mídia Kit Fale Conosco

18/06/2019

Empresárias apoiam Instituto Gabi

Publicado em 06/06/2019

As empresárias ClaúdiaTomanini e Sueli Canuto queriam presentear o Instituto Gabi por seus 18 anos.

As empresárias ClaúdiaTomanini e Sueli Canuto queriam presentear o Instituto Gabi por seus 18 anos. Decidiram, então, doar ao Gabi parte da renda obtida com um evento que promoverão no dia 8 de junho, o "Workshop de Autoestima Plus Size".

De acordo com o presidente e fundador do Instituto Gabi, Francisco Sogari, a solidariedade das empresárias promove o que ele chama de "compra que vira boa ação". "Quem se inscrever no evento, com certeza, aprenderá muito sobre algo fundamental em nossas vidas, a autoestima. No entanto, a pessoa estará, ao mesmo tempo, beneficiando uma entidade que precisa muito da ajuda de voluntários e empresários com visão social, assim como a Cláudia e a Sueli - que moram no bairro onde estão as nossas sedes".

Sogari se compromete a, assim que receber o recurso destinado ao Gabi, prestar contas aos apoiadores de como ele foi aplicado.

Fazem parte da programação do evento um almoço gourmet, sorteio de prêmios e descontos exclusivos para as participantes. Para saber mais ou fazer inscrição, é preciso ligar para Claudia, 91363-9639 ou para Sueli, 97613-3883.

 

O Instituto

Há exatamente 18 anos, no dia 22 de maio de 2001, nascia o Instituto Gabi com a missão de apoiar pessoas com deficiência e seus familiares. Foi na garagem da casa de uma voluntária que tudo começou. À medida em que as pessoas com deficiência chegavam, nós nos surpreendíamos com tantas necessidades:  atendimento,  orientação, informação. Com a ajuda de voluntários, apoiadores, parceiros e muita perseverança, fomos crescendo e atendendo mais famílias. E aqui estamos, sempre lutando pela manutenção e sustentabilidade dos trabalhos - inspirados por uma frase que a pequena Gabi, então com seis anos de idade, me falou antes de partir: "Quem ajuda as pessoas é feliz!". Se você apóia algum projeto social, continue. Se ainda não se decidiu ou quer fazer mais, nós estamos aqui por um mundo mais inclusivo.

 

 

FECHAR

 
Publicidade