26/08/2019

O Jornal Edições Anteriores Mídia Kit Fale Conosco

26/08/2019

Zeladoria tem sido prioridade do subprefeito do Jabaquara

Publicado em 09/05/2019

Enquanto o projeto “Mutirão nos Bairros”, lançado no início de abril pela Prefeitura de São Paulo, não chega ao Jabaquara o subprefeito Arnaldo Faria de Sá, vem realizando serviços de zelad

Enquanto o projeto “Mutirão nos Bairros”, lançado no início de abril pela Prefeitura de São Paulo, não chega ao Jabaquara o subprefeito Arnaldo Faria de Sá, vem realizando serviços de zeladoria no bairro diariamente. Para ele este é papel importante para o gestor que esta á frente do órgão.

“Nossa prioridade é o trabalho de zeladoria, nós estamos tendo o cuidado de fazer vários cata bagulho, e tem aqui na região locais de despejo de descartáveis, o que não pode é jogar em qualquer lugar, temos procurado liberar as praças dos moradores de rua tendo bastante dificuldade porque lamentavelmente pessoas que não ajudam atrapalham e incomodam e quando a gente vai fazer alguma coisa agente recebe algumas críticas, tudo bem o homem público esta sujeito a isso mesmo, mas eu tenho certeza que nesse três meses que estamos aqui á frente da Subprefeitura Regional do Jabaquara nós temos a oportunidade de dar um balanço positivo do nosso trabalho” declarou.

Entre os meses fevereiro, março e abril os serviços realizados foram nos terminais do Metrô Jabaquara e Conceição. Nas ruas Amborés, das Perobas, Farjalla Koraicho e Guatapará. As praças que receberam os serviços foram; Praça do Espinhaço, Maria da Glória Ramon e Seicho – No – Ie.  A avenida Engenheiro  George Corbisier e os viadutos Jabaquara e Dante Delmanto. Durante as ações foram recolhidos um total de 16 toneladas de detritos.

Como utilizar o ecoponto?


O Jabaquara conta com dois equipamentos. Os Ecopontos são locais de entrega voluntária de pequenos volumes de resíduos onde o munícipe pode depositar gratuitamente até um metro cúbico  por dia, quantidade equivalente a uma caixa d’água de mil litros ou a 25% de uma caçamba de entulho.


O Ecoponto funciona todos os dias, de segunda-feira a sábado, das 6h às 22h, e aos domingos e feriados, das 6h às 18h. A população pode descartar resíduos da construção civil, como pisos, azulejos, cimento, terra, telhas de cerâmica e sem amianto, e grandes objetos, como móveis e restos de poda de árvores. Outro serviço é a coleta de recicláveis como papel, papelão, plásticos, vidros e metais, que são enviados para centrais de triagem.

 

As unidades não recebem orgânicos, materiais industriais (graxa e tinta, por exemplo), telhas de amianto, lâmpadas fluorescentes, resíduos hospitalares e eletroeletrônicos.

 

Crime Ambiental

O descarte irregular de lixo e entulho é considerado crime ambiental e passível de multa de R$ 18.420,79. As punições são aplicadas de acordo com a lei 13478/02. O lixo não pode ser colocado fora do horário da coleta. As caçambas precisam de autorização e ficar em local que não impeça o fluxo de veículos e pedestres.  
A população pode solicitar fiscalização por meio de contato telefônico na central 156 e nas Praças de Atendimento instaladas nas 32 prefeituras regionais.

 

FECHAR

 
Publicidade
Publicidade
Publicidade